11 maio 2010

Olha o frio aí denovo...


No final de semana, estive em Pirassununga para dar um abraço em minha mãe e minha vózinha pelo dias das mães, parabéns a todas as mães!!!

O Clima estava bem agradável, fui nadar, correr, só o pedal que complicou um pouco, pois a frente fria estava chegando. Começou com uma leve chuva no final de semana e domingão a temperatura caiu de vez.

Com a queda da temperatura, algumas alterações no organismo e de comportamento são observadas, como gripes, resfriados e a enorme e tão gostosa preguiça afasta as pessoas que já praticam atividades físicas das academias e impede que outras iniciem.

Mas o que muitas pessoas não sabem é que a interrupção de uma atividade física, principalmente no inverno, fragiliza o organismo, pois a prática regular de exercícios aumenta a resistência orgânica do indivíduo. É necessário mudar esse pensamento de que atividade física só se pratica no verão.


As pessoas que praticam atividades físicas nessa época de inverno podem ter vantagens únicas, como a melhora do apetite e do sono, além de ser saudável e apresentar menos riscos à saúde, porque os exercícios e as atividades físicas tornam o coração menos vulnerável a doenças.

Com o clima mais frio o corpo irá queimar mais calorias para manter-se aquecido, aumentando seu próprio calor. Desta maneira, pessoas que pretendem eliminar peso podem beneficiar-se com as mudanças fisiológicas do corpo geradas pelo frio, pois o mesmo pode potencializar os exercícios e aumentar seus efeitos.
Porém, não podemos generalizar, pois os resultados irão depender da quantidade e da intensidade do exercício, e principalmente da alimentação.

Para nós atletas é mais facil pois já estamos acostumados com o "sofrimento" e temos uma cabeça mais preparada, só que também temos que tomar alguns cuidados no frio:

Um cuidado importante que os atletas devem tomar durante treinamento físico no frio é uma exposição prolongada em tal ambiente. A hipotermia (temperatura corporal central abaixo do normal) é o grande risco que um atleta pode ser acometido. As baixas temperaturas ambientes favorecem a perda de calor corporal e o vento pode exacerbar essa perda. Contudo, a produção de calor corporal durante um exercício físico de moderado a extenuante é suficientemente alta para prevenir a hipotermia.

A água possui uma capacidade térmica muito mais alta que o ar. Se a roupa torna-se úmida em virtude de suor ou de chuva, o risco de hipotermia pode ser drasticamente aumentado, em especial quando o exercício é encerrado e declina a produção de calor metabólico. Quando a roupa torna-se úmida, seu valor isolante fica comprometido e a umidade da pele facilita a perda de calor por condução, convecção e evaporação.

Durante a imersão em água, a transferência de calor por condução e convecção pode ser 70 vezes maior que no ar com a mesma temperatura, dependendo da profundidade da água e da quantidade de superfície corporal imersa. Assim sendo, até mesmo quando as temperaturas da água são relativamente confortáveis (por exemplo 25 a 27 C), os nadadores de longa distância e os triatletas podem perder quantidades consideráveis de calor corporal.

Durante a realização de um treinamento físico em um dia muito frio, o atleta deve levar em consideração alguns aspectos, são eles: antes do alongamento, realizar uma caminhada em ritmo leve a moderado e com movimentação de braços e pernas em vários sentidos por aproximadamente 5 a 10 minutos; após a realização do alongamento e aquecimento, incluir um período inicial na sua corrida com o desenvolvimento de um ritmo um pouco mais leve que nos dias quentes, pois o organismo terá um processo mais gradativo de aquecimento e preparação para o ritmo ideal de corrida do dia; não esquecer da hidratação adequada, pois, em dias quentes fica mais fácil de perceber a necessidade de ingerir líquidos durante a corrida, contudo, durante o frio, a temperatura baixa e o vento podem enganar o corredor; o atleta também deve tomar muito cuidado após o treino, pois sua temperatura abaixará rapidamente e não seria ideal estar vestindo ainda a sua roupa úmida do treino; o alongamento pós treino também é muito importante para evitar contraturas e lesões nos treinos seguintes, contudo, é recomendado que o mesmo seja realizado com o corpo ainda aquecido da corrida.

3 comentários:

Ane disse...

Na verdade,a preguiça de ir malhar de manhã nem é tanto por causa do frio, e sim pq a cama ta tão gostosa que nem da vontade de sair de lá! hahahaa

Bjoosss
boa semana!

Joka disse...

Bora treinar guerreira !!!!!!!! kkkkk

Aliane Cruz disse...

Vamos treinar mesmo, nada de preguiça!!!!

Bons treinos Joka!!!!

Mana, firmeza hem...

Postar um comentário