31 dezembro 2010

FELIZ 2011.

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim - Chico Xavier

Obrigada à todos pelo maravilhoso ano que passou, pelos recados de incentivo e vibrações positivas.
Que 2011, seja ainda melhor.

FELIZ 2011...

26 dezembro 2010

Natal, um dia que dá treino.


Olá pessoal, primeiramente, um FELIZ NATAL à todos!



Natal é dia de paz, amor, união, mesmo que acredito que todos os dias deveriam ser assim, mas tudo bem...

É dia de unirmos familiares, trocar presentes, e comermos muito. Não há como resistir a tanta fartura na mesa. Nesta época do ano, muita gente extrapola, e quando volta para os treinos é aquele sofrimento.



Mas acredito que dá para aproveitar todas estas coisas boas sem deixar de lado os treinos.



Não precisa ter horário marcado para correr, nadar ou pedalar, e ficar com desespero para sair logo da festa para treinar. Fique tranquilo, desencanado, arranje qualquer tempinho e dê uma corridinha ou uma pedalada de leve sem compromisso.

Convide um amigo, vá na boa...



Ontem fiz uma corrida de 1hora, sem me preocupar com nada, só corri. Não foi por obrigação, fui correr porque quis e gosto.



É isso aí... BOAS FESTAS... ....



22 dezembro 2010

O Melhor triatleta do ano.


Onze anos após seu primeiro triathlon, o jovem de 25 anos da cidade de Descalvado, interior paulista, tornou-se o melhor triatleta do país em qualquer que seja a distância. Hoje Reinaldo Colucci, ou simplesmente Colucci, como é conhecido pela mídia especializada e pelos seus colegas de triathlon, alcançou várias conquistas: foram várias vitórias em campeonatos panamericananos, etapas de Copa do Mundo, participação nos mundiais de Ironman e Ironman 70.3 e até a Olimpíada de Pequim no ano de 2008.

A história começou quando seus pais o inscreveram em um projeto de iniciação esportiva, chamado Projeto Criança, aonde, desde então, o garoto de apenas 10 anos de idade na época pode praticar as mais diversas atividades físicas. Até ser descoberto inicialmente na natação, quando seu primeiro técnico, o instrutor Fernando Fila, o colocou na natação competitiva, em que ficou por pouco mais de um ano. Depois disto, o projeto teve que passar por uma restruturação e seu antigo técnico teve que mudar de clube. Reinaldo foi junto e desde então passou a se dedicar somente a natação e aos estudos, com sessões de treinos que variavam de quatro a cinco vezes por semana.

No ano de 1999, o clube no qual Reinaldo treinava se uniu à equipe adversária da cidade, comandada pelo conhecido treinador de triathlon Antonio Carlos do Amaral, o Calí. Por sua vez, o técnico organizava uma prova de aquathlon (natação + corrida) no Sesc de São Carlos e como de costume colocou todos seus alunos para participar. Colucci foi lá e ganhou a disputa, passando a ficar sob os olhares atentos do técnico Calí. Nascia então uma parceria de sucesso que dura até os dias de hoje.

Hoje com 25 anos, o melhor triatleta do país se divide entre os treinos e competições e a difícil função de ser pai, como ele mesmo diz. “O difícil torna-se prazeiroso, pois o pouco tempo que tenho para ficar com a Luana e a Mari (esposa) acaba sendo muito especial”, falou Colucci, que é casado com a ex-triatleta olímpica Mariana Ohata e juntos tiveram uma filha chamada Luana, há pouco mais de um mês.


O atleta do ano pelo COB

O ano de 2010 foi definitivamente o melhor da carreira do atleta. Mesmo não obtendo sucesso no Ironman Brasil e não disputando o mundial de Ironman realizado na ilha de Kona, Havaí, o jovem triatleta quebrou um jejum que duravam 12 anos.

Desde 1998 que um brasileiro não vencia uma etapa de Copa do Mundo da ITU (International Triathlon Union – os únicos brasileiros a vencerem uma etapa destas foram Leandro Macedo e Alexandre Manzan) e Reinaldo venceu a etapa da Hungria neste ano. Outras vitórias importantes como o Ironman 70.3 de Pucon, com direito a quebra de recorde, as duas etapas do Pan American Cup (México e Equador) e inúmeros outros pódios e conquistas o fizeram merecedor de ter sido eleito o atleta do ano pelo COB (Comitê Olímpico Brasileiro), com entrega do troféu na noite desta última segunda-feira (21/12), no Rio de Janeiro.

O COB premiou 47 categorias premiadas, todas modalidades olímpicas, que foram julgadas e avaliadas por um juri composto por jornalistas, dirigentes, ex atletas e personalidades do esporte, tudo isso com peso de 50% ao final da eleição, os outros 50% restantes foram por meio de votação pela Internet.


Fonte: site ativo.com

19 dezembro 2010

Sou fã destes caras.


Brasil fecha melhor campanha em Mundiais
de Natação em Piscina Curta
Equipe conquistou oito medalhas, com três ouros, uma prata e quatro bronzes



Do R7.Texto: ..
Satiro Sodré/CBDA
Equipe brasileira de natação que conseguiu o melhor desempenho do esportes em Mundiais de Piscina Curta, com oito medalhas em Dubai.
O Brasil teve seu melhor desempenmho em Mundial de Natação em Piscina Curta, neste de Dubai, Emirados Árabes, que terminou neste domingo (19). Foram oito medalhas, três delas de ouro (duas de Cesar Cielo e uma de Felipe França), uma de prata (de Kaio Márcio), e quatro de bronze (outras duas de Felipe e Kaio, mais os revezamentos 4x100 m livre e medley).

Foram batidos dois recordes americanos, 12 sul-americanos (mais um igualado), em 18 finais e quatro semifinais.

Antes, a natação brasileira só havia sido melhor no Mundial disputado em Copacabana, com seis medalhas – três de ouro, duas de prata e uma de bronze.

Cesar Cielo consagrou-se como o atleta mais veloz do mundo em piscina olímpica (de 50 metros) e curta (de 25 metros), unificando os títulos mundiais das modalidades nos 50 m livre e também nos 100 m livre.



As medalhas
Ouro – Cesar Cielo – 50m livre
Ouro – Cesar Cielo – 100m livre
Ouro – Felipe França – 50m peito
Prata – Kaio Márcio – 200m borboleta
Bronze – Felipe França Silva – 100m peito
Bronze – Kaio Márcio Almeida – 100m borboleta
Bronze – Nicholas Santos, Cesar Cielo, Marcelo Chierighini, Nicolas Oliveira – 4x100m livre
Bronze – Guilherme Guido, Felipe França, Kaio Márcio e Cesar Cielo – 4x100m medley

14 dezembro 2010

Desta vez foi.

Oi pessoal, estava um pouco sumida do blog nestes últimos dias. A correria do final de ano chegou, e não estava dando tempo de postar.

Os treinos continuam mesmo com cara de férias, ainda estou treinando e continuarei. Na semana passada, depois da corrida de domingo, tudo normal, treinos e mais treinos, a única mudança, foi que aumentaram minhas aulas na academia que trabalho, ficando assim, um pouco mais corrido e cansativo o meu dia-a-dia.


Neste final de semana participei de uma corrida em Pirassununga, a IV Volta Pedestre, que contou com mais de 400 inscritos em um percurso de 10Km.


Desta vez com inscrição, e muita vontade de fazer força, fechei o percurso em 46' baixo, assim melhorando meu tempo e ficando em 6º no geral e em primeiro da cidade.

A prova, foi bem organizada, com 4 postos de hidratação, que foram muito requisitados pelo calor medonho que fazia.


Fiquei contente com o resultado, e assim fecho o ano com esta provinha.



Vejam a matéria da Radio Difusora:

Na manhã deste domingo (12), a Secretaria Municipal de Esportes promoveu a quarta edição da Volta Pedestre de Pirassununga. O evento, que cresce em número de praticantes a cada ano, em sua edição de 2010 reuniu mais de 400 atletas de quase 20 cidades participantes.
Ao final, o vencedor no geral foi o atleta Edson Tibúrcio, da cidade de Morungaba-SP, que completou a prova com o tempo de 31’10”. O segundo colocado foi Marcos Alexandre Elias, da equipe ACOG de Mogi Guaçu e o terceiro colocado foi Jeferson Tadeu Pultrini, da equipe São Lucas Saúde de Americana. Todos receberam troféus e premiação em dinheiro.
Na categoria feminino, a vencedora foi Edneusa de Jesus Santos Dorta, de Rio Claro, com o tempo de 39’40”. Ela foi seguida por Marli Maria dos Santos, da equipe AAPA de Paulínia e Ilzete da Silva, da equipe Multi Fisio.
Pelos atletas de Pirassununga, o melhor no masculino foi Luís Fernando Pereira de Jesus, com tempo de 35’01” seguido por Altemício Pereira e Miguel Magdaleno. Pelas mulheres, a melhor de Pirassununga foi Aliane Nascimento da Cruz, com tempo de 46’19” seguida por Débora da Silva Marques e Tatiana Bibiano Bezerra.
O trajeto da Volta Pedestre de Pirassununga foi de 10 km com largada e chegada no Centro Cultural de Eventos Dona Belila. Todos os inscritos receberam, após a chegada, uma camiseta alusiva ao evento, além de sucos, frutas e água para hidratação devido ao forte calor.
No mesmo dia da prova, a Secretaria de Esportes também promoveu a 2ª Caminhada de Natal, com 5km de percurso e com largada às 7h30 do Centro de Eventos Dona Belila. O evento teve realização da Prefeitura Municipal de Pirassununga, através da Secretaria Municipal de Esportes, com apoio da rede de Supermercados Covabra.


05 dezembro 2010

Que pena, foi treino?


Acordo pela manhã, saio do ap. umas 8:20, nem preocupada com o horário da largada da 47º Volta USP, que aconteceu aqui em São Carlos, hoje pela manhã.
Como iria talvez para Santos, na última etapa do Troféu Brasil, e não deu certo, perdi a data limite da inscrição desta prova.
Bom, mesmo assim, quem disse que não fui lá.
A largada estava marcada para às 9 horas, e assim foi. Cheguei quente para prova, pois fui correndo até o local, uns 6Km aproximadamente. Chegando lá, tinha muita gente, várias assessorias, corredores de todos os cantos.
Estava eu, no meio da turma preparando para largada, quando um amigo de Araraquara, o Carlinhos passa por mim, conversámos rapidamente ele me pediu um favor, usar o chip e número de peito de um aluno dele que havia faltado. Disse, tudo bem, na chegada pego a camiseta e medalha para ele então. Ah, o chip, estava registrado para a prova de 5KM, mas fiz os 10Km, para não haver confusão.
Agora de número e chip, estava dentro da corrida, iria pegar água normalmente, e etc...
E a buzina da largada deu-se como um grito, de vaiiiiiiiiiiiiiiiii...e fui...rs
Comecei a prova bem, um pouco com a perna pesada, pois o treino desta semana não foi mole, não. Continuei, bem até o 6Km, quando percebo que sou a 4º mulher da prova, não acreditava, eu lá treinando, sem inscrição em 4º lugar e a 3º mulher logo na minha frente, pronta para eu passar por ela.
Mantive o passo, não queria ultrapassa-la, na hora não achei justo, pelo fato de ser premiação em dinheiro para os três primeiros colocados e no final da prova dei uma quebrada legal pelo calor que estava.
De um lado achei uma ótima prova, a organização exelente, postos de água bem localizados, percurso, muito bom, porém uma corrida de nível médio, sem atletas de ponta como pensei que seria.
Meu tempo foi de 46", talvez poderia ter feito um tempo melhor se estivesse dentro da prova com a cabeça e não somente com o corpo e não pensasse demais. Fiquei contente, sai satisfeita, pois foi um baita treino de domingo, mas ao mesmo tempo com aquela pergunta na cabeça"Porque não fiz minha inscrição, mesmo na dúvida".
Na chegada, peguei a camiseta para o aluno do Carlinhos, tomei um belo suco, e voltei correndo para o meu ap.

03 dezembro 2010

Ficando mais velha




Hoje comemoro mais um ano de vida...Vivaa...
Me considero novinha, 24 aninhos. Ainda tenho muita lenha para queimar...rsrs

Olha essa vovó...chego lá, rs...


26 novembro 2010

Domingo na torcida e segunda nos treinos.





Depois de um considerável resultado e esforço na prova de sábado, domingo era dia de prestigiar os amigos no Long Distance.

Foi uma bela prova, porém, pelo clima abafado, uma prova dura.

Vejam uma matéria retirada do site Mundo Tri.

A tradicional prova do Long Distance Pirassununga foi caracterizada por uma presença de vários amadores do primeiro escalão brasileiro, entre eles, Ciro Violin, Rafael Brandão e Arthur Ferraz. O dia começou com condições ideais para os mais de 500 atletas que largaram: temperatura amena, tempo nublado e pouquíssimo vento, o que se manteria até o fim do pedal.

Na natação, a água quente da lagoa da Academia da Força Aérea propiciou um tempo rápido. O primeiro a sair da água foi Rafael Brandão (amador, 30-34), com Marcelo Boschard (elite) no seu pé. Um minuto e trinta segundos atrás veio um grupo com Santiago Ascenço, Antônio Mansur, Ciro Violin e Arthur Ferraz. Ivan Albano saiu cinqüenta segundos atrás desse grupo.

No ciclismo, Rafael começou em um ritmo alucinante, passando a primeira e a segunda volta ainda na frente. Atrás, Santiago Ascenço se desgarrou do grupo e partiu para alcançar Brandão, o que aconteceu na terceira das quatro voltas. Os dois fortes ciclistas foram imprimindo um ritmo ainda mais forte, aumentando a vantagem sobre os demais atletas. Ivan Albano, que também começou o pedal muito forte, recuperou o tempo perdido na água e já estava em terceiro lugar quando abriu a penúltima volta. Atrás vinham Marcelo Boschard, Arthur Ferraz, Ciro Violin, Antônio Mansur e Edson Ferreira. Essas posições se mantiveram até o final do pedal, Com Santiago e Rafael abrindo pouco mais de quatro minutos sobre Ivan e Marcelo e nove minutos sobre Ciro, Mansur e Arthur.

Na corrida, Santiago saiu em um ritmo avassalador, deixando claro que não perderia mais a prova. Forçando até o km 15 para garantir a vitória, Santiago reduziu o ritmo visando poupar energias para a final do Troféu Brasil de Triathlon, no próximo dia 05/12, onde o atleta briga pelo tricampeonato. Foi mais uma grande prova em um ano incrível para o atleta.

A grande disputa passou a ser a briga pelo primeiro lugar amador, já que todos se perguntavam se Ciro Violin poderia alcançar Brandão na corrida. Em um dia ruim, Ciro não só permaneceu atrás de Brandão, como também perdeu a posição para Arthur Ferraz do Pinheiros. Interessante que os três que brigavam pelo título amador eram atletas da categoria 30-34 anos.

Com uma ótima corrida, Brandão se manteve na frente o tempo inteiro, fechando na segunda posição geral e primeiro amador e na 30-34, apenas 4 minutos de Santiago Ascenço. Em terceiro lugar (2º na elite) veio Antônio Mansur, seguido de Ivan Albano e Marcelo Boschard (veja o top 10 abaixo).

A prova feminina
Com apenas quatro atletas na elite feminina, a disputa entre as mulheres também foi recheada de amadoras andando forte e brigando pelas primeiras colocações.

Na água, a primeira a sair foi a jovem Victoria Remaili. Trinta segundos atrás vinham Mariana Martins, Susana Festner e Ariane Monticeli. Pouco atrás vinham as principais atletas amadoras.

No pedal, Susana Festner apertou desde o iníncio, abrindo 2 minutos de Ariane já na primeira volta. Mariana Martins não conseguiu segurar o ritmo forte das atletas da ponta e deixou a diferença aumentar bastante. Na segunda volta, Ariane tirou 15 segundos de diferença, tempo que perdeu na terceira e na quarta voltas. Chegando na T2, Susana voltou a ter 2 minutos de vantagem sobre Ariane e mais de 15 minutos sobre Mariana Martins.

Susana Festner saiu para correr em um bom ritmo, mantendo a diferença para Ariane, que parecia bastante cansada. A partir do km8, contudo, Ariane começou a se sentir melhor com o calor do sol que já vencera o templo nublado. Na marca de 10km, Ariane já estava a 40” de Susana, ultrapassando-a no quilômetro 12. Mesmo com cólicas fortes, Ariane conseguiu ampliar a vantagem, vencendo a prova com mais de seis minutos sobre Susana, que sentiu muito nos quilômetros finais. Mariana Martins fechou o pódio da elite.

Ariane agora também se prepara para a última etapa do Troféu Brasil, onde briga pelo vice-campeonato. Já Susana disputará o Pan-americano de Longa Distância, em Porto de Galinhas, na próxima semana; prova que também terá transmissão do MundoTRI Live, assim como aconteceu em Pirassununga

Resultados – Triathlon Long Distance Pirassununga
Pirassununga / SP – 21 de novembro de 2010
1,9km natação / 90km ciclismo / 21km corrida

Masculino
1. Santiago Ascenço (ELITE) 3:53:13
2. Rafael Brandão (30-34) 3:57:21
3. Antônio Mansur (ELITE) 4:01:52
4. Ivan Albano (ELITE) 4:03:45
5. Marcelo Boschard (ELITE) 4:07:49
6. Arthur Ferraz (30-34) 4:11:07
7. Ciro Violin (30-34) 4:13:57
8. Edson Ferreira (ELITE) 4:14:19
9. Maurício Letzow (30-34) 4:15:29
10. Rodrigo Ferreira (35-39) 4:16:06

Feminino
1. Ariane Monticeli (ELITE) 4:30:25
2. Susana Festner (ELITE) 4:36:51
3. Thelma Pereira (35-39) 5:03:39
4. Patrícia Aulicino (35-39) 5:07:38
5. Maria Cecília Carvalho (20-24) 5:10:47
6. Fernanda Fonseca (35-39) 5:10:47
7. Mariana Martins (ELITE) 5:13:09
8. Maria Arruda (25-29) 5:17:32
9. Carla Guerra (35-39) 5:20:28
10. Tatiana Schubach (30-34) 5:22:07

Fonte: Mundo Tri

Na segunda, nada de moleza, logo de manhã, muita bike, foi 1h pedalando pesado e 1h moderada e logo à tarde natação, treino de 4.000m, bastante braço.


Terça feira, era dia de uma baita corrida, foram 12Km, de muita subida e descida e à tarde, mais natação, um pouco mais solta.


Quarta, natação, treino bem longo e intenso, séries leves, moderadas e fortes, e no final ainda 8x100, melhor tempo, à tarde estava um pouco cansada, perna doendo e braços também, mas mesmo assim, pedal de 2horas.


Na quinta ainda com a a perna doendo, tirinhos de 20x200m de uma forma descontraída com o grupo e mais natação leve.


Hoje ainda um pouco cansada logo de manhã natação e à tarde promete uma bike.



Nada de moleza, vamos lá...


22 novembro 2010

A prova do tempo.

Esta foi a prova do tempo. Tudo começou, com muito calor e sol, no aquecimento nem dava vontade de sair do lago. Largou, e tudo foi mudando, mas nem percebi, estava tão concentrada... Sai bem da água, em 3º lugar no feminino, sabendo a qualidade da natação das duas primeiras que era excelente. Peguei a bike, e na primeira subidinha do lago, minha perna estava travada, pensei, hum...hoje a bike vai doer..., mas estava errada, começou a fluir, pedalei como nunca, muito bem, me aproximava aos poucos da 2ºcolocada. O tempo começou a mudar e de repente, uma chuva forte com vento contra no final da bike. Não consegui alcançá-la, sai para correr ainda em terceiro. A chuva estava passando pela minha infelicidade, pois adoro correr com chuva. Fui num pace forte, chegando cada vez mais perto, quando no finalzinho passa uma triathleta por mim com tudo, não deu, cheguei em quarto, mas muito feliz com o resultado, e com o tempo em relação ao ano passado. Diminui quase 10mim, muito coisa para uma prova curta, que foge um pouco da minha característica.

Resumindo: 2ºlugar na categoria 20-24, e 4ºlugar no geral. Tempo:1h23m
Distancia da prova: 900m natação; 22,5 bike e 6Km corrida.

Parabéns à todos que estiveram na prova. Parabéns Fabi, continue com tudo, você vai longe.

Sobre a Organização: Infelizmente este ano a organização deixou a desejar um pouco na minha opinião. Em relação a segurança, estava tudo OK. O Kit, como sempre simples pelo preço da prova, somente camiseta, ship, revista e número. Mas o que não gostei foi a premiação. Não teve premiação no geral, somente por categoria, e segundo o organizador, era para diminuir gastos...Hum, nem falo nada. Triste para mim, pois participo desta prova faz anos, e nunca havia subido no pódio no geral e esta ano, deu certo e nada de incentivo...Por esta razão que tem hora que canso desta modalidade, paga caro pra caramba e nada de premiação, incentivo...

18 novembro 2010

Esta chegando a hora da largada.



Hum, tá me dando até friozinho na barriga.

Participarei do Triathlon Short Distance em Pirassununga este sábado, mas estarei lá domingo dando força pra galera... BOA PROVA À TODOS!!!

11 novembro 2010

Firme como prego na areia.


Tudo firme, apesar dos pesares...
Esta semana começou um pouco pesada para mim, não pelo treino, mas pelas notícias não tão boas. Como havia falado, a possibilidade de eu conseguir um auxilio no triathlon esta cada vez mais distante.
Aqui, percebi, que, ou você é profissional, ou para certas pessoas, você é um lixo.
Como, na postagem do blog do triatleta, Ciro Violin, que aliás, ótima postagem, ele define o que é o prossional, elite amador e amador... O profissonal é aquele que leva o triathlon como seu trabalho e garantindo assim seu sustento.
Bom, profissa aqui tem poucos... e quem não é, vai ser difícil chegar lá...Não pelo pouco esforço do atleta, ou por pouco talento; percebi, que só se vira um atleta profissional quem for o "escolhido".
Os atletas de distâncias olímpicas são os mais beneficiados...(puro interesse).
Infelizmente ou felizmente, acham que meu biotipo e rendimento foi ótimo, porém, voltado para provas longas e provas longas, você que se vire... :( , meio estranho isso tudo, né...
Bom, vamos para o treino...
Na segunda feira, logo de manhã uma corrida rodada de 10Km e à tarde natação no SESI, série de 200m forte.
Na terça, corrida na pista de atletismo da federal, 15x200m, 45'42'40'...sofrido hem...à tarde pedal pesado de 1h mais 1hora solto.
Quarta, natação, e à tarde transição bike-corrida (o sol tava de matar).
Hoje, nadamos pela manhã 1h rodado, sem pausa, e a tarde promete uma corrida de 2horas...
Vamos ver o que vai dar, só sei que quero detonar em Pira, no próximo final de semana!!!! Me aguardemmmm...

03 novembro 2010

Nadar e Nadar para melhorar SEMPRE.

A natação apareceu na minha vida quando criança. Com meus 9 anos de idade, aprendi a nadar e de lá até hoje, braçadas e mais milhões de braçadas são dadas...Por esta razão nunca tive dificuldade na água, meu estilo é super legal, tenho uma resistência boa, mas o que me ferra um pouco é a velocidade.

Percebo hoje, o quanto eu preciso melhorar a velocidade do meu nado. Não preciso fazer o tempo fazia anos atrás, onde meu melhor nos 100m livre era de 1'09", que aliás alto para nadadora, mas quem sabe voltar a fazer séries com 1'20" ou até menos.

Não sei se as outras modalidades influenciaram neste meu aumento de tempo, só sei que preciso melhorar, se já consegui um dia, por que não voltar a fazer. Hoje venho mantendo 1'30"-1'35", em séries longas com pouco intervalo, coisa que alguns meses atrás, não dava, e em um tiro máximo 1'16"-1'18". A evolução vem vindo, mesmo que pareça lenta de mais...
FOTOS
I FESTIVAL DE NATAÇÃO DO CLUBE PIRASSUNUNGA-1998
TROFÉU ELETRO BONINE DE NATAÇÃO-2000
JOÃO 1ºPROFESSOR E TREINADOR.
FESTIVAL DE NATAÇÃO CLUBE DE CAMPO-1998




26 outubro 2010

Confirmado!


Até que enfim...confirmado minha presença na prova Short Distânce, que acontecerá no dia 20/11 na cidade de Pirassununga. To com sede de competir...
Treino, treino e ainda nada de ver como estou em uma competição... tempo ao tempo, a paciência e uma virtude que poucos tem.
Os treinos seguem fortes...todo santo dia...Infelizmente a dedicação ao esporte não é exclusiva, ainda não consegui uma bolsa (dim dim) com o triathlon, então tenho que me virar com minhas aulinhas à noite, para poder bancar as despesas. Espero que consiga esta bolsa, estou até com receio, pois se não conseguir vou ter que dar mais atenção ao trabalho e o triathlon ficará com com a sobra do meu tempo...
Bom, mas vamos lá...Como diria minha vózinha, "no fim da tudo certo".

20 outubro 2010

Lactacidemia e Limiar Anaeróbio.

Vocês já devem ter ouvido esta palavra acima, ou uma outra mais comum: ÁCIDO LÁTICO.

Para nós atletas, independente do nível de cada um, a lactacidemia ou ácido lático, tem um significado muito importante e deve ser levado à sério em treinos que visam uma melhora na capacidade aeróbica.

Deixa eu explicar direitinho...
Primeiramente, a lactacidemia ou àcido lático é como seu próprio nome diz um ácido, que diminui o pH da célula, inibindo as reações enzimáticas que ocorrem dentro dela. Na percepção geral do corpo, o indivíduo passa a ter uma sensação de fadiga generalizada, sentindo o corpo "pesado",
iniciando uma hiperventilação (a pessoa começa a ficar ofegante). Quanto melhor treinado aerobicamente o indivíduo, menor será a produção de ácido láctico.

Agora, como podemos trabalhar com isto? Hum... Já ouviram falar em LIMIAR ANAERÓBIO? O Limiar Anaeróbio é baseado no comportamento que as concentrações de lactato sanguíneo apresentam em diferentes intensidades de esforço.
Cada pessoa em sua modalidade, corrida, natação, ciclismo, etc, tem uma determinada intensidade, que determina um limite entre uma atividade aeróbia e anaeróbia.

Vocês devem estar se perguntando...Pra quê tudo isso Aliane, que confusão, onde quer chegar...

Quando determinamos este Limiar Anaéróbio, conseguimos inserir no treinamento o ponto ideal para melhora da capacidade aeróbia. Somente treinando no limiar há uma melhora da capaciadade aeróbia, e isso é muito importante para muitas modalidades...

Resumindo: Quer melhora a capacidade aeróbica, Treine no Limiar!!! Com isso deixamos o ácido lático aparecer mais tarde no nosso corpo, aguentando um período maior de tempo em uma maior intensidade de esforço.
O teste foi feito, por colégas da pós graduação da Ufscar, com o Professor Doutor Vilmar Baldissera-Ufscar.
Foi realizados tiros de natação máximo de 100m, até a exaustão. Cada tiro coletavam sangue, analisando a quantidade de ácido lático.
Vejam abaixo o resultado.

14 outubro 2010

Ciro Violin comemora vitória no Ironman do Havaí

O paulista Ciro Violin é o novo campeão na categoria 30/34 depois de cravar incríveis 8h54min13s em Kona, sendo o 40º atleta a cruzar a linha de chegada .
O paulista da cidade de Leme, Ciro Violin, 30 anos, andou como nunca neste sábado (9) ao conquistar a vitória em sua categoria na 33ª edição do Circuito Ironman, no Havaí, e a 40ª colocação geral entre os 1.800 atletas na prova.

Em 2009, ano em que estreou no Havaí, Ciro ficou com a 7ª colocação na categoria 25/29, com a marca de 9h21min17s. Este ano, o atleta voltou com mais experiência, ficou atento aos detalhes e, principalmente, fez uma prova consciente para sair com a vitória.

Ciro foi o 6º colocado a sair da água em sua categoria, com 54min55s, pedalou para 4h53min54 e saiu na terceira posição da categoria para a corrida. Na maratona, faltando 6 km para o final, Ciro ainda arrumou forças para passar o primeiro colocado de sua faixa etária até então e assumir a ponta. Após incríveis 3h00min16s nos 42 km, Ciro fechou o percurso com o tempo total de 8h54min13s, sendo o 40º atleta a cruzar a linha de chegada, segundo amador geral e campeão mundial da categoria 30/34.

“Este ano consegui uma classificação meio contubarda, tive problemas demais no Ironman Brasil e quase desisti da prova”, disse Ciro ao ativo.com. O atleta amador disse não ter mudado muita coisa nos treinos em relação ao ano passado, apenas alguns longos a mais na corrida.

“Ano passado eu cheguei com medo das histórias que me contavam, eu fiz uma largada horrível, demorando quase 2 minutos para começar a nadar. Este ano a situação foi diferente. Cerca de 15 dias antes da prova eu estava com dor de garganta, sinusite e cheguei a ficar com medo de não me recuperar a tempo, mas me recuperei. Sobre as condições eu posso dizer que estava mais frio na hora da largada que no ano passado e isto diminuiu os tempos de todos. Nadei bem e consegui ficar no pé de duas mulheres que ditaram o ritmo. No ciclismo saí para pedalar entre os top 10 nos primeiros quilômetros, depois uma leva nos ultrapassou, passaram alguns km e eu ataquei e consegui andar no bloco novamente. Na corrida eu me sentia super bem, mas quando você passa e vê toda aquela gente gritando e torcendo por você a vontade que dá é de aumentar o ritmo, mas ao invés de aumentar eu diminuia, diminuia para não quebrar lá na frente. Faltando 6 km para o final eu vi um atleta e pensei: vou passá-lo e foi o que fiz, sem saber se era amador, profissional e muito menos que era da minha categoria. Fui com a intenção de pegar pódio” conta Crio, que não esperava um dia completar a prova havaiana abaixo de 9h.

Conhecido no triathlon pela sua garra, determinação e paixão pelo esporte, Ciro vem cada vez mais conquistando seu espaço ao figurar entre os top 10 em várias das principais competições do país, como no ultimo Ironman 70.3 Brasil, realizado no dia 28 de agosto em Balneário de Penha - SC, onde foi sexto colocado geral com 4h00min29s.

Também em 2009, Ciro também fez sua estreia no Ironman Brasil e conquistou o primeiro lugar na categoria 25/29, sendo também o primeiro atleta amador a cruzar a linha de chegada da prova brasileira do Circuito, depois de 9h05min17s, somando a este feito a conquista da 12ª colocação geral. Neste ano, Ciro teve os dois pneus furados no Ironman Brasil, mas, mesmo assim, conquistou a 5ª colocação da categoria 30/34, com 9h22min07s, e o direito a tão desejada vaga para Kona.

Sobre a questão se vai ou não passar para a categoria elite no ano que vem, Ciro diz que está quase tudo certo, mas ainda precisa conversar com algumas pessoas e ouvir alguns conselhos. “No Brasil tem uma tradição de que quando um atleta começa a andar bem e se destacar nas provas, ele automaticamente já sobe para o profissional, e eu não posso fugir desta tradição”, disse Ciro, que por ter ganho sua categoria no Havaí, já esta automaticamente classificado para a final do próximo ano.
Fonte: site ativo.com
PARABÉNS CIRO!!!

02 outubro 2010

Ser atleta: uma breve reflexão.

Ser atleta é um estado dinâmico, você nunca é atleta – você está sendo um atleta, ou não… É exercer a ação necessária para atingir seus objetivos, em detrimento a simplesmente se vestir com títulos do passado ou promessas de glórias vindas mais da soberba do que do empenho. Quem é não fala, aparenta e se comporta como: você é atleta na forma que treina, na forma que come, na forma que dá importância para estas coisas e inclusive na forma que fala para as pessoas daquilo que você faz. Ser atleta é falar com paixão do que faz, nunca como um sofrimento. É falar com felicidade por ter alcançado um determinado estado de compreensão daquele espírito de poder se exercer independente da dificuldade.

O atleta compete contra ele, nunca contra os outros, porque a vitória é uma questão de mérito e não de culpa de quem perdeu, mas é responsabilidade dele se ele não atingiu o máximo de si. Ele compete com o cansaço, com a fome, com a frivolidade, com o desanimo e as vezes com o desamparo.

Ele chama o fator genético de sorte, porque sabe que um atleta tem de ter é vontade. (ainda que saiba que a genética é um adversário duro, mas é só mais um). E dentro do que um atleta deve ter, cada dia, cada treino, cada batalha tem seu segredo: 50% de força, 10% de velocidade, 20% de foco e o resto é vontade, mas as vezes é 50% de dor, 30% de fibra e 20% de compromisso, e ainda que pareça pouco ou muito, ainda faltam coração, mente, controle, calma, fúria, insistência, apoio e amor incondicional de quem suporta seu coração para que ele possa manter seu corpo forte e sua cabeça erguida.

Treinamos para o ano mas queremos o resultado para ontem, portanto escolhemos o que nos satisfaz: força é imediata, resistência aeróbia é rápida, resistência anaeróbia é ganha em questão de semanas e a aparência vem de acordo com a sua capacidade de aumentar sua carga de trabalho com o mínimo possível de energia consumida reservando o máximo de energia em forma de músculos. Não pense na forma sem trabalhar a função: o atleta sabe que vai parecer com aquilo que faz, e que quando parecer que tem força para carregar o mundo nas costas, muito provavelmente estará quase lá. A chave são os meios, se comprometa com o processo que o resultado vem, sempre.

O compromisso é solitário, mas o treinamento de boa qualidade não deve ser. Quem decide por este estilo de vida, o dos resultados, deve tentar seu máximo, e para fazer isso precisa de ajuda. Ajuda dos amigos que te apóiam com sua admiração, de seus colegas de treino com suas assistências e a ajuda de seus treinadores, sempre orientando e guiando e ajustando e até fazendo força junto para que o máximo sempre seja atingido.

Ser atleta não é para quem quer viver do esporte ou para quem quer viver para o esporte. Ser atleta é para quem tem o esporte no coração e sabe que faz parte da higiene do seu corpo tal qual escovar os dentes e que da mesma forma sabe apreciar o bem-estar que o esporte proporciona. Ser atleta também não é carregar pesos ou marcas homéricas, é decidir quebrar seus próprios limites, independente do tamanho que eles são, porque o esforço é particular a cada um, portanto vitória também. Ser atleta não é carregar uma medalha no peito, é carregar as pessoas que estão ao seu lado no peito e a vitória na mente, porque quem ganhou sabe que é vencedor e não precisa de símbolos para lembrar. Vitória é sentimento, não é texto, marca, insígnia, símbolo ou metal. Vitória real é a satisfação de superar seus medos e suas limitações. Vitória é enfrentar você antes do outro, é tentar antes de desistir e nunca desistir antes de tentar. Vitória é uma atitude. Ser atleta é um estilo de vida…

Texto:Paulo Muzy.

28 setembro 2010

Pensamento Positivo.

Você já chegou para treinar, naquele dia de chuva, frio, ou mesmo um dia perfeito, mas você diz que não tá legal, não vai dar certo...

Tenho certeza que já passou por isso, pois eu já passei e muito. Acabava desistindo do treino, indo para casa, ou até dava início ao treino, mas não saia nada como era para sair...

Muitas dessas nossas "desculpas", vem da nossa cabeça. Se chegarmos para o treino e pensarmos, mas pensarmos de verdade...que dará certo aquela série, ela dará.

Um artigo da Revista Super Interessante, descreve muito bem o "Pensamento Positivo". Vocês vão gostar...



O segredo do pensamento positivo

Texto Michele Veronese
Ilustração Carlo Giovani Rossato
Edição Mariana Sgarioni

Pense. Em qualquer coisa. Numa casa, por exemplo. Imagine-a pintada de branco, com janelas azuis e cercada por um terraço com escadas que levam a um jardim. Ali estão margaridas, girassóis e uma árvore frondosa. Nos 10 segundos que você levou para chegar até aqui, uma avalanche de sinais nervosos ocorreu no seu cérebro. No córtex (camada periférica dos hemisférios cerebrais), milhares de neurônios foram acionados e trocaram informações em frações de segundo.

Arquivos de memória foram vasculhados e, sem que você pudesse controlar ou prever, a imagem de uma casa surgiu em sua mente. Por isso, você deve ter sentido um bem-estar, uma vontade de possuir essa casa de verdade. Dentro de nossa caixa craniana ocorrem milhares de outros processos - esse que você acabou de perceber é o que podemos chamar de pensamento positivo, uma idéia que, nas prateleiras das livrarias, vem ganhando contornos de magia.

Basta ter uma atitude otimista para atrair o que deseja. Dinheiro, amor, saúde, sucesso. Tudo. Qualquer coisa pode estar ao seu alcance se você pensar positivamente, com firmeza, dizem os autores de auto-ajuda. "Aquilo em que você mais pensa ou se concentra se manifestará", garante Rhonda Byrne.

Os neurocientistas, por sua vez, concordam que o estado de ânimo pode, sim, influenciar o nosso organismo de várias maneiras. Os hormônios associados ao estresse têm grande influência na consolidação da memória. Ou seja, a idéia de que pensar positivo faz bem não é absurda. "Quando estamos muito estressados, o nível dos hormônios secretados é alto e influencia negativamente esse processo", afirma o neurocientista Martin Cammarota, pesquisador do Centro de Memória da PUC de Porto Alegre.

De acordo com ele, não temos controle total sobre nosso cérebro nem sobre os processos químicos e celulares que ocorrem nele. "O ser humano é uma soma de circunstâncias. Por mais que você pense positivo, seus níveis de colesterol no sangue não vão diminuir somente em conseqüência disso", ressalta. No caso do colesterol, dieta e exercícios são algumas das circunstâncias a ser consideradas.
Texto na íntegra: www.super.abril.com.br

20 setembro 2010

Carla Moreno e Rapahel Menezes vencem 4ª etapa do Troféu Brasil de Triathlon

Os atletas Carla Moreno e Raphael Menezes venceram a 4ª etapa do 20º Troféu Brasil de Triathlon, neste domingo, dia 19 de setembro, em Santos, litoral paulista. Sete vezes campeã geral da competição, Carla, e também aniversariante do dia, liderou de ponta a ponta e completou os 1.500 m de natação, 40 km de ciclismo e 10 km de corrida em 2h04min29seg. Carolina Furiella, de Santos, foi a segunda colocada, com o tempo de 2h09min04seg. O pódio feminino foi completado por Carolina Galvão (2h10min23seg), Suzana Festner (2h12min04seg) e Ariane Monticeli (02h12min24seg).
Já Raphael Menezes, que passou a liderar somente no quilômetro final, fechou o trajeto em 1h48min31seg. Esta foi a primeira vitória do atleta de São Carlos em uma etapa do Troféu Brasil. A melhor colocação que ele já havia alcançado na competição foi um quinto lugar. Ele conta que conseguir vencer somente nos instantes finais da prova, já que chegou apenas seis segundos à frente do segundo colocado, Bruno Matheus.

Fonte: Oradical.uol.com.br

Parabéns à todos que realizaram a prova. Parabéns Raphael, além de um ótimo coléga de equipe, um excelente Triathleta, e mostrou isto a todos nesta etapa do troféu brasil. Estiveram lá também, uma boa parte da equipe de São Carlos, e todos foram muito bem. Não vou citar as colocações, pois são tantos, posso me esquecer de alguém...Mas, PARABÉNS!VOCÊS FORAM MUITO BEM!!!...Logo chego lá...rs

17 setembro 2010

Treinos.


Domingo: Manhã:15Km de corrida, 5Km fácil, 5Km médio, 5Km difícil. Tarde: Natação, série princ.: 4 x - 10x50m braço, 300m fortes, 200m solto.
Segunda: Manhã: 80Km de bike, 5xTT -10Km (contra relógio), 1 com subida, 1 sem subida + 16x tiros de corrida(reta de 100m). Tarde: Natação, série princ.: 32x100m com palmar, p/1'45".
Terça: Manhã: 30'corrida rodado + 5x 5x200m c/1'. Tarde: 1h30 bike.
Quarta: Manhã: Natação, série princ.: 3x (2x100 1'50 - 3x100 1'25"
2x100 1'40 - 3x100 1'25"). Tarde: 3horas de Bike, últimos 30'fortes + 30' corrida.
Quinta: Manhã: Corrida 30' fácil + 30x30"esteira à 16,17,18Km/h + natação solta. Tarde: 1 h bike.
Sexta: Manhã: Natação, série princ. 30x50m fortes, 32x25 fortes, elástico 5x3' fortes. Tarde: Bike 1hora de subida + 1 h reta.
É isso aí...
Esse final de semana terá o Troféu Brasil de Triathlon, que será em Santos. Ainda não estarei lá, mas desejo à todos que estiverem e para todo o pessoal da equipe, uma boa prova!!!! Ficarei aqui treinado para logo, logo ficar no pé dessa galera...
Bom final de semana e bons treinos à nós!!!

14 setembro 2010

Passa pra cá que eu uso...


O casal triatleta, Reinaldo Colucci e Mariana Ohata, estão prestes a ganharem o maior presente da vida deles, a Luana. Grávida de 8 mêses, Mariana e Reinaldo, já estão organizando a casa para recebê-la.

Arrumações daqui, dali, estão fazendo parte desta última etapa da gravidez.


Ontem à tarde, o Reinado apareceu com o porta mala cheio de coisas, da Mariana e algumas dele...tinha maiôs, shorts, bermudas, malas, bonés... Ficamos à vontade para pegar o que quiser. Todos da equipe pegaram alguma coisinha...


Adorei...tomara que agora junto com as roupas, venha também um pouquinho de sua força...rs


Valeu Reinaldo e Mariana, tudo de bom para vocês e à Luana.

08 setembro 2010

Treinos de um final de semana prolongado.



Na sexta feira, mesmo com o final de semana e feriado chegando, o treino não aliviou. Logo de manhã, tive 2horas de pedal, giro leve de 1 hora, seguida de mais 1 hora de volantinho e pratão, força total. Logo, depois, só passei em casa para comer algo, deixar a bike, e sair vooando para o SESI nadar. Total 4.000m, série principal 40x25m c/30"+1.000m braço forte com palmar, e á tarde, por volta das 4horas, mais pedal no Damah, 30min giro leve, 30min fortíssimo, 30min leve. ( à noite uma febrinha apareceu).
Sábado:
Natação SESI: Total 4.500m, série principal, 4 x elástico com palmar/mão fechada + 20x25m, fechando 5x100 melhor tempo, saindo com 2'.
Bike: Giro leve e longo.
Domingo: Depois, de muito,mas, muito tempo sem descanso, ganhei um, em Pirassununga. Forçado um pouco, pois minha resistência caiu...e apareceu uma GRIPE, tive febre e tudo...fiquei quietinha para dar uma recuperada. Issa gripe já vinha vindo aos poucos....
Segunda: Eu estava um pouco melhor, não 100%, mas com o corpo mais recuperado, realizei:
Natação 40x100m 1'45", total=4.000m.
Corida: 1h30, bem cadenciado, e terreno variado.
Terça: A gripe voltou e com uma tosse infernal, somente girei na bike. ( tinha tiro na pista de atletismo)
Quarta: Hoje, já no meu ap. aqui em São Carlos. Os treinos começaram cedo 2horas de bike, 1h giro+ 1h pesado. À tarde promete ainda uma natação...
Ainda bem que aqui no interior, neste feriado, choveu, tava uma seca, que acho que foi um dos fatores de eu ter ficado gripada. Todos os treinos, o sofrimento aparecia com a seca, principalmente nos treinos da tarde de corrida e bike. Valeu São Pedro!!!!
Percebi, que os treinos, são bem variados, dando enfoque para bike em uma semana, e corrida para outra semana. Nadamos muito, quase todos os dias ,o treino é intenso e longo. Não paramos um minuto sequer para respirar. Treinos, todos com tempos. Chega, e bora para mais tiros.
Boa continuação de semana à todos e bons treinos.

01 setembro 2010

Treino + treino + treino...


Bom, vamos lá...
Depois de uma semana com muito, mais, muito treino mesmo, participei de uma competição que me abriu o apetite para mais treinos desta semana, o Campeonato Intermunicipal de MTB, ficamos em 2º lugar na categoria, dupla mista.
O percurso foi ótimo, tirando a quantidade de areão que tinha...Pedalei forte! Subidas e retas mais ainda, pois tinha que tirar vantagem em algo que me dava segurança.
Nunca cheguei tão suja em casa como nesta comepetição, rs...valeu Robson, Luan (parceiro), ...ADOREI!!! Belo treinão.



Bom, mudando de assunto....Ando um pouco sumida com os posts e comentários. Como havia falado, o pouco tempo que estou tendo, descanso. Os treinos não estão sendo nada fáceis. Todo dia, são duas modalidades ou três, com intensidades bem altas. Nunca treinei com tanta intensidade como atualmente. Mas, estou falando isso, com um sorriso no rosto, pois sei que estou em uma baita equipe, e estou tendo uma baita oportunidade.

A segunda feira começou intensa, depois do domingo de bike, segundona, logo de manhã eu denovo lá em cima da minha companheira. Foram 70Km, com uma série de subidas e retas na macha mais pesada. Logo à tarde, natação. Foi 6.000m, com uma série bem pesada decrescente de 6x25m, 5x50m, 4x100m, 3x200m, 2x300m, 1x400m. Bom isso depois de muito braço com palmar...
Na terça feira, ontem, o treino foi mais longo, 1h30 de pura corrida logo de manhazinha, e na hora do almoço natação, à tarde mais corrida... Hoje, 2 horas de bike, seguida de 45min de corrida, e à tarde natação, 40x25, com 30"fechados, mais uma série pesada de 4x de 4x100m para 1'30"fechado, nossa meu coração tava no pescoço, rs...

Vamos lá, né galera...Como diria minha amiga Carol Castilho, "bora que a manhã tem mais".


Ah, antes de desejar à todos bons treinos, quero agradecer ao triatleta DECO pela revista, vinda do sul, diretamente para o interior de São Paulo, mais expecificamente, para mim. AMEI!!! É isso aí Deco, todos vocês são campeões!!! Qualquer dia desses vou postar em especial a esta matéria " Homens de Ferro". Obrigada!

Abraço à todos e ótimos treinos.

26 agosto 2010

Campeonato Intermunicipal de MTB.


MTB? Vocês ficaram confusos? Calminha que eu já explico.

Bom, neste final de semana, terá a 4ºetapa do Campeonato Intermunucipal de MTB, na cidade de Pirassununga.
Eu, convidada pelo meu amigo Robson, não poderia deixar de participar.
Não tenho montan bike, não treino em morros e terra, estou vindo de treinos duro no triatlon, resumindo, vou mesmo fazer mais um baita treinão com força total e encarar o que vier pela frente...Será 40Km, em um percurso bem diversificado, com subidas, pedras, areião, etc...

O Robson me emprestou a bike, e vou na categoria dupla mista com seu sobrinho, expert no assunto.

Vejam algumas fotos do que me espera no domingo...

24 agosto 2010

É isso aí...

A 3ª etapa do Troféu Brasil de Triathlon reuniu 600 competidores neste domingo, dia 22 de agosto, na Cidade Universitária, em São Paulo. Foi um grande evento para participar e poder prestigiar.

Quero Parabenizar minhas atuais colégas de treino Carolina de Mattos (3ºcolocação na categoria elite), e Mariana Martins (1ºcolocada na categoria elite amador). Ciro Violin (1ºcolocado na categoria elite amador) e à todos que estiveram nesta prova.

Parabéns também ao coléga Marcus Vinícius Fernandes que conquistou a nona colocação no Pan American Cup do Chile, disputado em Viña Del Mar. Ele completou a prova, que teve distância olímpica, em 1.52:16. Mauro Cavanha foi o 13º (1.52:42), Matheus Diniz o 15º (1.53:13) e Luiz Francisco Ferreira o 17º (1.54:13).


Aí galera, PARABÉNS!!!!

19 agosto 2010

"Tudo o que você fez lá trás não foi absolutamente nada".

Estou terminando a segunda semana de muito treino e de novas experiências.
O esporte na minha vida começou bem cedo, aos 10 anos com minhas primeiras braçadas, e foi seguindo até hoje no triathlon. Todo este período da minha vida, treinei bastante, mas nada comparado com que estou vivenciando atualmente.
O treino aqui em São Carlos, segue intenso. São muitos tiros, muita força... A sensação que me vem é como a frase dita pelo triatleta Ciro Violin, título desta postagem:"TUDO O QUE VOCÊ FEZ LÁ TRÁS FOI ABSOLUTAMENTE NADA".
A galera é forte...tem que ser no rítmo deles...se não conseguir, termine no seu máximo!
Natação 5.000m, série: 80x25m fortes, 30"fechados!!!
Corrida, nada de frescura, 8 ou 10:30 da manhã, não importa, pode ser na pista do SESI ou na Federal...o que importa são as pernas preparadas para os tiros e rodagem longa...
A bike segue até que tranquila, tirando o vento frio do Damah e as "pequenas" subidas.
Meu corpo esta respondendo bem apesar das dores. Até agora, consegui cumprir todos os treinos com sucesso, até mais do que eu esperava. Estou comendo muito, almoço e janta é como de pedreiro.
Esta semana tive a honra de nadar com Reinaldo Colucci e Pamela Oliveira e ser apresentada à eles pelo técnico Cali. Parecia um sonho... e até parece...treinar com essa galera...Carol, Marcus, Rafael, Fabíola, Mariana, Edivanio...entre outros...
Bom, tenho muito que treinar ainda e aprender com eles. Vamos lá...

13 agosto 2010

Testes e + testes...


Essa semana está sendo uma semana e tanto.
Primeiro, comecei em meu novo trabalho, segundo, estou em testes para a equipe de triathlon comandada pelo treinador Cali...
Na terça feira, depois de um pedal tranquilo de 60Km, não pouco cansativo, pelo fato de ter ficado parada por um período; logo à tarde fui estrear minha natação aqui em São Carlos. Sai do ap. umas 2 da tarde, com destino ao SESI. Bom, chegando lá, fui barrada de entrar na piscina, pelo fato de meu exame dermatológico estar vencido. Tudo bem, realmente estava. Como não podia nadar, resolvi dar uma volta para conhecer melhor o local. Fui na pista de atletismo, e encontro uma galera do triathlon treinando...Ah, acha que eu não ia parar para dar uma olhadinha...
Fiquei pensando, será que bato um papo com o treinador...resolvido a dúvida, fui lá conversar...
Resumindo, na manhã seguinte, estava eu no Damah, pedalando, correndo, e o técnico só de olho... Neste mesmo dia, logo depois do almoço, mais testes na água...tiro pra cá, pra lá...
A semana seguiu desta maneira, conversas, testes e treinos com a turma.
Estou super feliz pelo o que aconteceu esta semana. Será um desafio para mim que nunca tive um apoio técnico voltado para o triathlon, um desafio também para o meu corpo e principalmente para minha mente...
Estou sujeita a ver onde eu posso chegar, e garanto que consiguirei vencer esta etapa na minha vida, independentes de resulatados que estão por vir.

09 agosto 2010

Demorei, mas estou aqui novamente.

Olá pessoal, ufa...Tá quase tudo em ordem...Mudança não é fácil, não...
Bom, vamos lá...Nessas ultimas semanas, não realizei treinos com tempo, distância especifica, somente treinei.
A maioria dos treinos foram de corridas.
Já conheci, o SESI, o SESC, hoje pretendo ir ao Damah, pedalar...
Percebi em pouco tempo em São Carlos, que aqui só tem "nata" do triathlon. A galera que treina no SESI com o famoso Cali, esta em peso, sem contar a turma "teen", os jovens atletas estão com a corda toda...Vou ver se entro de cabeça no meio desse pessoal...
Antes de recomeçar os posts, sobre treino, curiosidade no meio esportivo, opiniões, dicas...,tenho que postar hoje sem mas enrolações, um agradecimento ao pessoal da Assessoria esportiva, Personew.
Vejam o vídeo que preparei para vocês.


05 agosto 2010

Em breve estarei de volta...

Olá pessoal, tudo bem com todos? Espero que sim...
Como vocês devem ter percebido, ando meio sumida, mas não se preocupem, logo estarei de volta com meus posts e comentários nos seus blogs que adimiro muito.
Estou ainda em trasição aqui na cidade de São Carlos. Já esta quase tudo em ordem, falta pouco para voltar a rotina de trabalho e treinos.
Bons treinos à todos!!!! Abraços...e até logo...
Aliane.

26 julho 2010

Alberto Contador volta a vencer o Tour da França.


O ciclista espanhol Alberto Contador (Astana) venceu ontem a Volta a França pela segunda vez consecutiva, e terceira em quatro anos, após a 20º e última etapa ter sido ganha pelo britânico Mark Cavendish (HTC-Columbia).

A última tirada, a chamada etapa de consagração, disputou-se num percurso de 102,5 quilómetros entre Longjumeau e os Campos Elíseos, em Paris.

Contador juntou-se, assim, Greg LeMond, Louison Bobet e Philippe Thys como vencedor de três edições da Volta à França em bicicleta. O norte-americano Lance Armstrong é o recordista de vitórias, com sete consecutivas entre 1999 e 2005.

21 julho 2010

Que correria...

Venho ultimamente correndo e correndo, aqui em São Carlos.
Corro contra o tempo, à procura de apartamento e corro para fugir da correria e treinar.
Como estou só com minha malinha aqui na cidade de São Carlos, o jeito para não ficar parada neste período é correr.
Na segunda feira, peguei uma avenida da cidade e fui nela, não sabia onde ela iria dar. Cheguei em um cartódromo, transformado em uma pista de corrida, quadras de lazer, muito legal. Bom, só de ida foi 30min, e mais a volta, totalizando, 1h02...Ontem, novamente peguei esta avenida, voltando por outro caminho desconhecido. Tinha parte que nem sabia onde estava, e resolvi então terminar caminhando, sai do ap. da minha prima às 17:30 e só cheguei às 19:00. Valeu a pena, pois estou conhecendo a cidade correndo...e treinado...

15 julho 2010

Quais os fatores que nos levam ao sucesso?


A Revista Super Interessante deste mês, trouxe uma reportagem de capa muito boa.
O tema é SUCESSO.
Muitas pessoas pensam e falam que o sucesso esta conosco desde quando nascemos, esta ligado a genética. Mas isso não está comprovado. Para nós termos sucesso, precisamos de muito mais do que isto.
Um fator para o SUCESSO, é ter PERSISTÊNCIA.
A super conta, que Mozart, Bill Gates, Kaká, entre outros, como muitos de nós pensamos, não tiveram sua habilidade e fortuna, somente por nascerem assim. E sim, por começarem cedo na música, programando computadores e jogando bola. Foi anos e décadas de treino e muita PERSISTÊNCIA.
Mozart, começou aos 3 anos tocar piano incentivado pelo seu pai, músico. Bill Gates, como um bom nerd que era, não fez sua fortuna do nada, ele ficou parte de sua adolescência, enfurnado numa sala, programando computadores. E não foi diferente com o Kaká, no futebol.
Outro fator, que nem eu acreditei, é o FRACASSO. Sério, o fracasso é muito importante para termos SUCESSO. Mais, porque? Quando Fracassamos, tentamos fazer novamente o feito e melhorá-lo cada vez mas. Isso então vira outro fator, TREINO."O QUE REALMENTE FAZ ALGUÉM FICAR BOM EM ALGO É TREINO DURO, DOLORIDO0, NO LIMITE DO EXECUTÁVEL".
SORTE, também entra na nossa vida pra nos trazer sucesso. Estarmos no lugar certo, na hora certa, ajuda e muito...
A MOTIVAÇÃO e o AUTOCONTROLE, " Pessoas autoconciêntes , racionais e que pensam antes de agir costumam ganhar mais e subir mais cargos". " Se a pessoa está infeliz com que faz, dificilmente terá sucesso".
O que vocês acham sobre o assunto? Será, mesmo que não tem haver com genética? Ou será que tem haver, mas é somente uma pequena porcentagem da genética, e nada mas, o que faz a diferença mesmo é todos estes fatores acima?
Abraço pessoal...Sucesso à todos!!!!!

09 julho 2010

Procurando Ap.

Aos poucos vou me despedindo da galera de Franca. Daqui à algumas semanas eu e o Du, estaremos morando em São Carlos...To super feliz e ao mesmo tempo triste. Toda cidade que passo, amizades é o que não faltam, tem o pessoal da natação, da bike, da corrida, do trabalho...e quando mudo de cidade, fica a saudade, porem boas lembranças...
Na quarta feira, fiz meu último treino com a equipe do SESI de natação em Franca, e quero agradecer novamente à todos. Obrigada!!! Sucesso galerinha...manteremos contato.

Aproveitei a semana passada e o feriadão para treinar bastante. Consegui realizar meu primeiro treino um pouco mais forte, depois da dor na lombar. Foi 10x100m na piscina do Clube Pirassununga, e até considerei super satisfatório, uma média de 1'30". Também consegui fazer um treino longo de corrida, pelos meus cálculos, estava em uma média de 5' o Km em uma distância de 12Km...Na bike, não estou forçando, só rodando, uma média de 50Km.

Esta semana, estou só na correria. Não paro um minuto à procura de ap. aqui em São Carlos. Os treinos, concerteza vão quebrar, vou tentar, pelo menos correr aqui, para não cair demais meu rendimento.
Ah, quem souber de alguma coisa (imóvel), na cidade de São Carlos me avisem. Obrigada.
Bons treinos e semana à todos!!!!

07 julho 2010

Levantou poeira.

Quem esta acompanhando viu... Ontem, terceira etapa do Tour da França, foi de levantar poeira e deixou muitos atletas para trás, além do percurso de
paralelepípedos, que foi de arrancar sangue...

05 julho 2010

To voltando...

A semana passada, como havia contado, não foi muito produtiva, pelo fato de estar com dor na lombar. Procurei um especialista, e aqui estou de volta, com muito cuidado e calma, sem dor. Na sexta feira, fui ao SESI e nadei 2.500, bem de leve, com viradas de intensidade 0. Sábado, lindo dia, típico de inverno do interior paulista, relizei uma corridinha de 8Km, super na boa, no canteiro da Avenida São Vicente, que fica de frente ao meu ap., tem mais de 5Km a ida, um pouco chata pela longa subida. Pedalei 30Km no domingo e hoje uma corrida de 7Km, logo de manhã e 1 hora de bike.
Espero que a dor não volte, estou tomando bastante cuidao, fazendo alongamentos com mais atenção... Vamos lá pequena,rsrs...




Avenida São Vicente, Franca-SP

03 julho 2010

Le Tour de France 2010

Começou hoje a nonagésima sétima edição do Tour de France, uma das mais tradicionais competições ciclisticas do mundo.Este ano com 22 equipes, segundo a organização.
A prova está prevista para ter início com um prólogo de 8Km, e terminar no Champs-Elysées em Paris, dia 25 de julho.
O percurso será de 3.600 km, divididos em um prólogo e vinte etapas.
As montanhas, que tradicionalmente decidem a prova começarão a partir da 7ª etapa, onde os escaladores, favoritos ao título, mostrarão sua força. Espera-se, mais uma vez, uma grande exibição de Alberto Contador, favorito à conquista do seu terceiro título na prova, embora outros grandes nomes estejam presentes na prova, como Andy Schleck, Lance Armstrong, Ivan Basso, Cadel Evans, Vinokourov, Carlos Sastre entre outros.



02 julho 2010

O que vocês acham?



Depois de alguns dias de molho, estou bem melhor. A dor sumiu, já realizei alguns treinos leves, como um trote na grama, uma soltada na piscina...

Para ajudar na recuperação, segui um conselho que foi muito satisfatório, procurei um fisioterapeuta. Ontem, fiz uma sessão de osteopatia.

A Osteopatia é um sistema de cuidados com a saúde, que se utiliza de um método terapêutico manual para localizar e tratar as restrições de mobilidade que podem atingir as estruturas do corpo humano.

Qualquer perda da mobilidade natural das articulações, ligamentos, músculos ou mesmo das vísceras, pode provocar profundos desequilíbrios no estado de saúde.

Quando utilizada corretamente por um profissional devidamente qualificado e habilitado, a Osteopatia além de não produzir efeitos colaterais, costuma gerar uma resposta terapêutica rápida e segura.
Achei ótima!!!
Bom, conversando com o fisio, fiquei confusa em alguns pontos dentro da nossa área.
Estávamos conversando e disse a ele, que faço musculação, somente para prevenir lesões musculares, e ele respondeu, que se for para isso, estou perdendo tempo, pois musculação não previne lesões, pelo contrário, se ela for mal conduzida poderá gerar uma lesão.
Outra coisa, que também havia falado, é sobre o alongamento. Disse a ele, que realizo alongamentos diariamente, antes e depois de qualquer atividade física, e ele respondeu, que não realizo alongamento, ninguém realiza. Continuou, que para ser considerado um alongamento, teríamos que realizá-lo com duração de no mínimo 40seg, coisa que ninguém faz.
Esses dois assuntos, há muitas controversas. Sabemos que fazer musculação e alongar é preciso, mas o que acontece, há estudos que provam a tal eficiência e outros mostram o contrário. Ficamos em cima do muro...
O que vocês acham?
Alongar, ou não alongar? Fazer, ou não fazer musculação?

29 junho 2010

Espasmo Muscular.

Final de semana tranquilo em Pirassununga. Treinei legal, descansei, comemorei o aniversário da minha prima e do meu pai...foi ótimo, até chegar a segundona...
Logo depois do jogo do Brasil, fui dar aula no Poliesportivo já em Franca, com a turma da Personew. Tudo tranquilo, poucos alunos, pelo fato do jogo...
Chega o primeiro aluno, começo a alonga-lo, e DERREPENTE, uma fisgada na lombar...nossa queria gritar de dor, pois ela irradiava pela perna..., fiquei péssima a noite toda, não conseguia abaixar, andava com dor...resultado...FUI VÍTIMA DE UM ESPASMO MUSCULAR...

O que fiz...
Com a orientação do meu próprio aluno, que é um exelente médico, cheguei em casa, tomei um antiinflamatório, passei pomada a base de diclofenaco e fiquei quietinha, como estou até agora, mais claro que com menos dor e desconforto.

Espero que isso passe o quando antes...


O QUE É ESPASMO MUSCULAR
Um espasmo é uma contração involuntária de um músculo, grupo de músculos ou órgão. Um espasmo é tipicamente acompanhado de uma dor localizada.
Considerado uma contração involuntária do músculo, o espasmo aparece, principalmente, quando o estresse atingiu o limite ou quando houve uma sobrecarga muscular. De acordo com o neurocirurgião da Associação Médica de Brasília, Luíz Cláudio Modesto Pereira, o espasmo também pode ser o resultado de noites mal dormidas e tensão acumulada. Qualquer músculo pode sofrer espasmos, principalmente, os dos membros superiores e inferiores.

23 junho 2010

Treino suado, tempo seco.


Ultimamente aqui no interior Paulista, não tem chovido. O clima está muito seco, e com isso acorrem muitas queimadas, o que nós deixa ainda mais com uma sensação desagradável nos treinos.

Ontem, logo de manhã, sai para uma corrida leve e me deparei com uma imensa nuvem de fumaça...nossa, nem conseguia respirar direito...bom, mas se fosse só essa, tudo bem...

Quando não é fumaça de algo que estão queimando, são os caminhões que passam e soltam aquela poluição na cara da gente. É horrível!!!

Bom, como não cabe a nós e sim as demais "neros", a diminuição dessas queimadas, principalmente a de cana, o que podemos fazer é adotar algumas medidas para minimizar este desconforto nos treinos. Podemos realizar os treinos bem cedinho, no máximo até a 7h da manhã. Outra coisa, é beber muita água e procurar lugares arborizados e longe de trânsito intenso.

Bom, mas mesmo com este tempo seco, e toda essa fumaça, venho com muita vontade realizando meus treinos. Semana passada, não rendeu, prestei mais atenção na alimentação, me dei um descanso e estou seguindo a semana bem. Ontem fiz 3.8000m na natação que me surpreendi, depois de um treino de corrida pela manhã. Hoje acordei, o corpo parecia cansado, levantei, tomei meu café da manhã, me arrumei, enchi a garrafinha de malto e bora pró pedal...foi um ótimo treino, subidas fortes, retas soltando, total de 50Km. A tarde promete um fort lecK de corrida no Poli.
Ah, as dicas que o pessoal me deu to seguindo. Comprei Whey, Malto, Massa...to fazendo um teste...vamos ver, se tudo isso é empolgação de começo de semana ou vai comigo até os próximos mêses...



21 junho 2010

Final de semana off.




Não teve jeito, acabei ficando de molho esse final de semana. Eu estava precisando, e me parece que foi o melhor treino que fiz, pois hoje o dia começou com tudo, e eu inteira novamente.


Comecei logo de manhã com um pedal rodado de 60Km, e o dia ainda promete uma corrida longa...


Vamos lá né pessoal. Boa semana de treinos para todos!!!